quarta-feira, 5 de novembro de 2014

O bem-te-vi

     Sobrou isso, isso que me azucrina, que me dói tanto, que me acaba de tanto suspiro, que me acaba de tanto gasto da escrivaninha pra cama; tanto que estou mais pra louça fina na quina da prateleira, prontinha para o desfecho no chão da cozinha, da qual sou desertor.
     As minhas noites, aliás essa noite, vai que seja a derradeira, é desnuda de lua, porquanto tudo, a partir de mim, é escuro varado; então, essa noite, que me entrega à flor dos ossos ao abraço do travesseiro, nela se pode cavar um mundo, o abismo mais profundo, que ainda assim não é mais amplo do que isso que me dói tanto, que é um isso de desatino, sei lá, um isso dessa coisa que não se declara e que sobrou pra mim.
     Olha, acabou não sendo a derradeira, essa noite. Talvez o seja o meu azucrinado, o que me dói tanto, os meus suspiros, posto que isso que sobrou deva me acabar de tanta lassidão na cadeira da varanda de incerto balanço, nesse dia pardo com cheiro de incertezas. Mas não: um bem-te-vi largou seu sustenido ali, acolá, nos galhos que se trançam num caminho da mata, e eu, sei lá, que vi, já estava no encalço do seu canto.
     O bem-te-vi vupt, sumiu, evaporou-se, e eu vi, a um arbusto florido, o remédio pra coisa toda que me sobrou: ela. Ela como a mais pura Maria, a flor que inventei com a sua partida. Ah, puxou o cabelo do sorriso, estendeu-me a mão, e eu, ah, não... Um trovão roubou-me o sonho, e eu saí à janela, a olhar o escuro, a ouvir os pingões da chuva, tof, tof, tof, sem ela.





61 comentários:

  1. Maria Zeni Bannitz
    curtiu isso.

    ResponderExcluir
  2. Impressiona-me a beleza desses escritos. É um mundo, é uma vida, é um turbilhão de sentimentos transformados na mais pura poesia. De mãos postas agradeça sempre por esse dom maravilhoso que lhe foi legado. Eu, daqui agradeço o privilégio de poder ler o que ele me permite. Parabéns, Marcio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emocionante, Marina. Minha gratidão pelo apoio que me tem dado.

      Excluir
  3. ¡Estoy sorprendida por la belleza de esta crónica de amor y soledad. Muy hermoso. Beso, Marcio! Stell.

    ResponderExcluir
  4. Silvio Oliveira De
    bom dia meu poeta, continue assim, abraços

    ResponderExcluir
  5. uma leitura agradável, clara, em que afloram teus mais íntimos sentires e, os mesmos, contagiam o leitor que passa a interagir como se fosse o próprio
    protagonista. "Ela, como a mais pura Maria, a flor que inventei com a sua partida",
    poesia pura num texto belo, simples, o qual a troca repentina de imagens serve de continuação a novas descobertas. parabéns e sucesso e, continue sempre nessa temática. aquele abraço do Rehgge.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graças, poeta Rehgge Camargo. Sua presença é importantíssima para mim. Abraço, amigo!

      Excluir
  6. Cirene Mendes
    marcou com +1

    ResponderExcluir
  7. Richard Jakubaszko
    marcou com +1

    ResponderExcluir
  8. Zeni Btz
    marcou com +1

    ResponderExcluir
  9. Solin Pérez
    marcou com +1

    ResponderExcluir
  10. Dilce Nery Toledo
    curtiu isso.

    ResponderExcluir
  11. Maria Do Carmo Ferreira
    curtiu isso.

    ResponderExcluir
  12. Mario Arita
    compartilhou O BEM-TE-VI

    ResponderExcluir
  13. Um texto profundo e sensível Márcio, um dom que aflora a cada texto que nos oferta para reflexão sobre a vida. Parabéns, beijokas e um bom dia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vera, que bom é receber seu comentário! Obrigado!

      Excluir
  14. Ysolda Cabral
    curtiu isso.

    ResponderExcluir
  15. Gisele Lemos
    marcou com +1 e compartilhou O BEM-TE-VI

    ResponderExcluir
  16. Nelma Ladeira
    marcou com +1 O BEM-TE-VI

    ResponderExcluir
  17. Ceiça Lima
    Muito lindo!!! Bom dia amigo.

    ResponderExcluir
  18. região literária
    marcou com +1 O BEM-TE-VI

    ResponderExcluir
  19. vania lopez
    marcou com +1 O BEM-TE-VI

    ResponderExcluir
  20. Nada como ter a sensibilidade aguçada e viver a sentir cada movimento que se eleva nesta natureza e dele fazer nossa reflexão.
    Belo trabalho Marcio, ouço aqui o som do Bem-te-vi e seu bater de asas.
    Um abração.

    ResponderExcluir
  21. Ana Santos
    Lindo demais Marcio. bj

    ResponderExcluir
  22. Tatiana Santiago
    marcou com +1 O BEM-TE-VI

    ResponderExcluir
  23. Gabriel Arcanjo Rodrigues
    marcou com +1 O BEM-TE-VI

    ResponderExcluir
  24. Ariadne Cavalcante
    marcou com +1 O BEM-TE-VI

    ResponderExcluir
  25. Lúcia Freitas
    curtiu isso

    ResponderExcluir
  26. Luconi Marcia Maria
    marcou com +1 O BEM-TE-VI

    ResponderExcluir
  27. Fabio Ceo
    marcou com +1 O BEM-TE-VI

    ResponderExcluir
  28. Lindo de se ler e sentir.
    Um abraço
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graças, Ruthia! Sua presença é importantíssima para mim. Abraço.

      Excluir
  29. Luziene Borges
    curtiu isso.

    ResponderExcluir
  30. Vera del Puente
    Lindo. Um trovão roubou-me o sonho....

    ResponderExcluir
  31. Luciane Cortat,
    curtiu isso.

    ResponderExcluir
  32. Lindo, Márcio,
    É sempre um prazer ler seus belos e inspirados escritos.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graças, Vera. Contente com sua visita. Abraço.

      Excluir
  33. Vera Lucia Duarte.
    curtiu isso.

    ResponderExcluir
  34. luís rodrigues coelho Coelho
    São estas noites que nos fazem sonhar mais alto e querer com mais profundidade.
    A vida aconte

    ResponderExcluir
  35. Ysolda CabralOntem1
    Lido ,comentado e eu recomendo que todos leiam. Boa tarde, Ysolda.

    ResponderExcluir
  36. Vanice Zimerman Ferreira
    marcou com +1 e compartilhou O BEM-TE-VI

    ResponderExcluir
  37. Gisele Lemos
    marcou com +1, compartilhou novamente O BEM-TE-VI

    ResponderExcluir
  38. Maria Conceição Alves
    curtiu isso.

    ResponderExcluir
  39. Mariana Oliveira,
    curtiu isso.

    ResponderExcluir
  40. Aline Alves Ferreira
    curtiu isso.

    ResponderExcluir
  41. Vera Lúcia Duarte
    marcou com +1: O BEM-TE-VI

    ResponderExcluir
  42. Dear student, model student and receive my hug of congratulations for this beautiful, magnificent text. There is no time reading a text so pleasurable reading. Not long to publish and send me the invitation read. "Your teacher" Allan.

    ResponderExcluir
  43. Julia Viana
    Belissimo seu texto com todos que você publica Marcio!

    ResponderExcluir
  44. Valeria Gomes De Mendonça Tavares
    curtiu isso.

    ResponderExcluir
  45. Wanda Morbeck
    curtiu isso.

    ResponderExcluir
  46. A tristeza e a melancolia chega assim... nos pegando pelo pé, nos deixando de ponta a cabeça... Transcendental e lindooooo, pra ler lentamente... Você Márcio é um excelente escritor que eu amo ler... Luamor

    ResponderExcluir
  47. LIANATINS POETISA
    marcou com +1: O BEM-TE-VI

    ResponderExcluir
  48. Ainda não havia lido este texto. Marcio... o que dizer senão que suas imagens são tão lindas, tão simples, e tão verdadeiras! Fazem a gente acompanhar tudo como se no seu sonho morasse... Palmas pra vc!

    ResponderExcluir
  49. Marcio meu amigo, já tinha vindo ler e comentado, não sei por que não publicou o comentário, então vim em busca do texto do gato que está no google mais e chegando aqui procuro o meu comentário e não acho, coisas do blogspot. Bem este texto é bem mais profundo do que parece, são noites ou dias assim que achamos que deveríamos dormir e viver num mundo onde a solidão, o vazio deixado por alguém não existisse, adorei abraços Luconi

    ResponderExcluir
  50. Com o negror noturno vem a saudade... E perdura no canto do sabiá, no gris celeste e seu canto choroso. Linda crônica. Muita luz e paz. Abs.

    ResponderExcluir
  51. Magnífica prosa poética, rica em imagens e conotações em que o real não despreza a ficção para nos presentear com esta joia. É muito linda também a descrição da natureza em redor. Chego até ouvir o bem-te- vi com seu canto estridente, arruinando de vez a solidão
    Lindíssimo, poeta.
    Sempre, sempre parabéns.

    ResponderExcluir
  52. Quisera eu te esse dom incrível de encantar com criatividade, dando vida ao pequenos sons...Fantástico, mestre!! Um abração.

    ResponderExcluir

Que bom receber seu comentário! Ele será publicado. Obrigado!