quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Singeleza

Para Mariana, a Naninha, à janela para o seu grande dia.
Para um menininho, o Chiquinho, que não vejo a brincar.



Do corguinho, ouve-se o xep, xep da vassourinha da vovó.

A Vó quer varrer da varanda a madrugada, mas a manhã está de molho atrás do morro. Manhã manhosa ̶  a Vó se molesta ̶ não abre a mala do seu mágico claro. Vai ver, zzzzz! E a Vó verseja: a manhã puxou à moça namoradeira, a que fica a raiar o olhar para o espelho, noite adentro. Só sai do molho pra jogar na bica as mazelinhas de namoro.

―Mas a manhã está no menininho a falar com o Chupim que está no ninho do Tico-tico.... Não vê, Vó? ̶ o invisível lhe diz.

Hã-hã?, e a Vó avoa um riso ao menininho (porque basta um riso para o brotar do brilho da alegria nos olhos de alguém). Então Chupim se chacoalha no ninho do Tico-tico. Que tipo! O menininho não o quer no chafariz da estrela que deu à menina Stela. Chupim bate as asinhas (um dar de ombros?); menininho lhe aponta o dedo (um dar de ordens?); Vó entra no meio (um dar de bronca?), que toda briga a ninguém abriga. E Vó jura um xep, xep nas cores da saudade do menininho por Stela. Aí o vento se espreguiça (o vento é cúmplice por levar e trazer as saudades do menininho e de Stela). O vento distrai a Vó da jura que fez, jogando, na mais bendita singeleza, a ciscalhada pra varanda. Ô!

Do corguinho, ouve-se o xep, xep da vassourinha da vovó.
 

50 comentários:

  1. Bom dia Márcio, é lindo e especial sentir essa interação da Natureza, sons e emoções em tua prosa, parabéns pela sensibilidade e estilo! Bj, Van.

    ResponderExcluir
  2. E que singeleza, Márcio! A Mariana e o Chiquinho (lindo, você nunca o viu?) devem estar muito contentes. Beijo, moço lindo.

    Beatriz Ceará

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela lembrança de mais um maravilhoso texto seu, Márcio. Muito agradável ler seus escritos. Beijo!


    Nancy

    ResponderExcluir
  4. Oi Marcio! De muito longe e ler um texto assim, mostrando a simplicidade de nossa gente e o nosso calmo ambiente. Muito obrigada, moço lindo! Abraços!

    Kaitllyn Brasil

    ResponderExcluir
  5. Beleza incomparável em texto. Uma prosa leve e lindamente poética. Meus parabéns e obrigado.

    Samuel Pedro

    ResponderExcluir
  6. Sua capacidade literária é fantástica. Seus textos são ótimos de ler, de sentir, de viver. Beijo de parabéns!


    Angelina.

    ResponderExcluir
  7. Uma beleza de texto. Cheio de qualidades. Abraço, Marcio.


    Rodrigo E. Dias

    ResponderExcluir
  8. Parabéns por mais esta criação literária bonita, Marcio. Abraço, e estamos de olho. Até!


    Paulo Julho

    ResponderExcluir
  9. Espetacular. As imagens são perfeitas. Parabéns, Marcio.


    Ludmila Franco

    ResponderExcluir
  10. Joia de texto. Muito boa leitura. Beijo,

    Maria Clara.

    ResponderExcluir
  11. Muito bons os seus textos. A leitura fica agradável mesmo. Parabéns, amigo.


    Anderson M. Peixoto

    ResponderExcluir
  12. Bom demais é ler um texto seu. Meu beijo...


    Renata Vilhene

    ResponderExcluir
  13. Um texto simples e recheado de poesia e ambiente natural na maior paz com o leitor. Isso é muito bom. Obrigado, Márcio Buriti.


    Carlos Maciel.

    ResponderExcluir
  14. Puro como a neve nascida além das posses da poluição literária, poeta em prosa, Marcio Buriti! Aplausos!

    Odir Milanez da Cunha

    ResponderExcluir
  15. tio marcio to com muita saudades!


    Élida Lemes Da Silva Borges

    ResponderExcluir
  16. Marilene Duarte
    Curtiu SINGELEZA

    ResponderExcluir
  17. Glaucia Jose Lara
    Curtiu SINGELEZA

    ResponderExcluir
  18. Dilce Nery Toledo
    Curtiu SINGELEZA

    ResponderExcluir
  19. Gisselda Pereira Borges Cassiano
    Curtiu SINGELEZA

    ResponderExcluir
  20. Você escreve lindamente! Prazer vir te ler, menino. Beijo, lindo.


    Priscilla Tavares

    ResponderExcluir
  21. Uma calma é seus textos. Bom demais! Abracinho...

    Mariana Rô de Andrade

    ResponderExcluir
  22. Uma delícia de escrita, Marcio Buriti. Beijo meu amigo!


    Fernanda C. Magalhães

    ResponderExcluir
  23. Um texto que não é para qualquer ter escrito. Você escreve muito bem, Marcio Buriti. Abraço,

    Clenio Cloud

    ResponderExcluir
  24. Excelente! Parabéns, Marcio!


    Danilo Viça

    ResponderExcluir
  25. Muito legal!

    Yara Moura Santos

    ResponderExcluir
  26. Que coisa linda! Obrigada!


    Francis Ximenez

    ResponderExcluir
  27. Um texto simples e simplesmente bonito. Parabéns pela inspiração, Marcio. E obrigado,

    Carlos Godim

    ResponderExcluir
  28. Legal, legal, legal. Lembrei de um tempo na infância. Beeeijo, lindo.


    Danielle de O Prado

    ResponderExcluir
  29. Muito bem! Você escreve deliciosamente. Bjo!


    Régia Oliveira

    ResponderExcluir
  30. É a sua arte de sempre, redigir ótimos textos. Muita sensibilidade, Marcio. Abraço!


    Solange Prado.

    ResponderExcluir
  31. Show de texto, Marcio. Parabéns!


    Antônio Alfredo

    ResponderExcluir
  32. Seus textos poeta/escritor Marcio,são sempre magníficos!Aplausos!


    Julia Viana

    ResponderExcluir
  33. Helenir Serabion Cobra
    curtiu SINGELEZA.

    ResponderExcluir
  34. Caro Marcio, permita-me sugerir-lhe que participe da concorrência ao prêmio de melhor escritor brasileiro de literatura infanto-juvenil. O magneto de sua literalidade é dos mais sublimes. Parabéns e um grande abraço.


    ResponderExcluir
  35. Difícil encontrar textos tão emocionantes e simples como os seus, Marcio Buriti. Fantástica a sua criação, o seu estilo. Beeeeijo!


    Andresa Alves

    ResponderExcluir
  36. Um dos mais lindos textos que tenho lido, Marcio. Parabéns, você escreve muito bem. Seu dom de encantar é formidável. Meu beijo,


    Christiane Branco

    ResponderExcluir
  37. Que linda SINGELEZA! Agora irei ler a historinha para um lobo, que todo mundo da escola está lendo. Abraço, Marcio!


    Carolina Romão.

    ResponderExcluir
  38. Una prosa poética que simple porque simple es hermoso con su arte. Bravo, Marcio. Beso, Silvia Caminos

    ResponderExcluir
  39. Oi pai obrigada pela dedicatória! Muito bonitinho o texto!


    Mariana Oliveira

    ResponderExcluir
  40. Rafael Borges
    curtiu SINGELEZA

    ResponderExcluir
  41. São tão mágicos seus textos! Eles nos fazem sair da realidade, de forma encantadora. Muito belo!

    ResponderExcluir
  42. Um texto simples, uma maravilha aos olhos e coração. Beijo, Márcio!



    Andréa Figueira

    ResponderExcluir
  43. É das mais admiráveis a sua capacidade de introduzir poesia em seus magníficos contos, Marcio. A exuberância em abstratismos delineadas aqui é fantástica. Aplausos, amigo!

    ResponderExcluir
  44. E não é bom demais viajar nestas palavras? Em cada uma, a certeza de que caíram em mãos talhadas ao ofício de encantar pelas Letras. Mas isso eu sempre soube, desde que conheci as Letrinhas de Marcio. Naninha e Chiquinho felizes por merecerem tanta boniteza, lógico!

    ResponderExcluir
  45. Singeleza, beleza, é tudo isso o seu blog. Bom demais estar aqui, lindo. Beijo.

    Annalucia O Rori

    ResponderExcluir
  46. Que beleza! Creio que já disse aqui que, quando leio um texto seu, não sei se já li algo como ele. Fico encantada com você, menino lindo. Beijo muito beijinho, lindo.

    Paulianna

    ResponderExcluir

Que bom receber seu comentário! Ele será publicado. Obrigado!