segunda-feira, 25 de julho de 2016

Doce ladrãozinho

Por toda a sensibilidade da fotógrafa e poetisa Marilene Duarte.



Menino piolho de varanda, que a minha vó diz que sou. Desatento, tenho a cabeça na cantiga do corguinho e nos meus brinquedos no quarto. Vovó amassa pãozinho, assa pãozinho, e já pôs pãozinho na mesa da varanda. Que eu volto do quarto, ó o pãozinho furado; miolo roubado. Ah, é a minha vó! Enfiou o dedo pra ver o sal.
      “Não, não fui eu, meu netinho, juro!”
      “Então, quem, vó? Ninguém aqui, ué!”
     A vovó pôs outro pãozinho na mesa. E com a cabeça na dama de botões, que não sei onde guardei, vou atrás. E que volto do quarto... “Aió, vó!”
      “Não, não fui eu, meu netinho, juro!”
     Emburro, vou ao corguinho. Lá tem ingá. E boa ideia que me veio, pois acabo de descobrir o ladrão de pãozinho: um socozinho.
     Amoitado, xingo-o de tudo quanto é nome: danado, safado, e um que me escapuliu: doce ladrãozinho. Roubou o miolo dos pãezinhos pra pescar. Bico compridão, joga pedacinhos na água, lambarizinho vem com a fome de anteontem e, ó, babau vida no corguinho. Falo comigo pra servir pra ele: “Vou contar pra minha vó, vai ver”
     Contei ao ouvido da  vovó. E agora  é a  vovó  agarradinha  a mim: a gente assiste, num psiu tamanho do céu, ao miolo do pãozinho a se passar por isca no bico do socozinho.

41 comentários:

  1. Lilian Bruna Alves Lemes
    curtiu DOCE LADRÃOZINHO

    ResponderExcluir
  2. Márcia Lemes
    curtiu DOCE LADRÃOZINHO

    ResponderExcluir
  3. Olá, Marcio Buriti, mais ternura impossível. Texto muito legal, chamado de muito fofo. Obrigado!

    Cláudio Nery

    ResponderExcluir
  4. Legal demais! Uma relação vovó e netinho das mais cheias de carinho. Beeijooo, Marcio.


    Carolina Romão

    ResponderExcluir
  5. Bonito, bonito, bonito, Marcio. Um texto breve e que encanta. Parabéns!


    Carlos Sávio

    ResponderExcluir
  6. Que imaginação riquíssima! Um texto que dá um banho de ternura. Parabéns, Marcio Buriti.


    Adelúcia

    ResponderExcluir
  7. Maravilha de historinha. Bom demais de ler, Marcio Buriti. Obrigado!


    André Villa

    ResponderExcluir
  8. Claudio Roberto
    curtiu DOCE LADRÃOZINHO

    ResponderExcluir
  9. Gisselda Pereira Borges Cassiano
    curtiu DOCE LADRÃOZINHO

    ResponderExcluir
  10. João Carlos Silvério Duarte
    curtiu DOCE LADRÃOZINHO

    ResponderExcluir
  11. Dilce Nery Toledo
    curtiu DOCE LADRÃOZINHO

    ResponderExcluir
  12. Rafael Borges
    curtiu DOCE LADRÃOZINHO

    ResponderExcluir
  13. Seus textos não há o qual escolher. Neste, ternura é o que não falta. Isso é ótimo, Márcio.


    Cristina Curitiba

    ResponderExcluir
  14. Lindo! A gente se enche de carinho na leitura. Bjo!


    Adriana Zochitto

    ResponderExcluir
  15. Um texto para ler e reler para as crianças e vovós. Espetáculo.


    Ludmila Franco

    ResponderExcluir
  16. Marcio, parabéns pela forma de escrever, cheio de ternura, muito familiar. Ficou bonito demais esse Ladrãozinho. Abraço,

    Gilberto Franco

    ResponderExcluir
  17. Olá, Marcio, que espetáculo de texto amigo! Abraço!


    Wesley Moura

    ResponderExcluir
  18. Muito bonito, Marcio Buriti. Parabéns!


    Anderson M Peixoto

    ResponderExcluir
  19. Lindo, Marcio! Vou ler para a vovó. Obrigada,


    Maria Clara Nobre

    ResponderExcluir
  20. Mais que bonito impossível. Um texto breve, cheio de qualidades, poético e criança com vovó. Lindo!


    Érica Regina Wahington

    ResponderExcluir
  21. Acabei de contar isso para mim, agora vou contar para um menino e sua avó. Bom demais! Abraço, Marcio!

    Bruno SB Jacinto

    ResponderExcluir
  22. Texto mais bonito, e dá a impressão de uma calma imensa. Legal!

    Priscila T. Ávila

    ResponderExcluir
  23. Muito bom mesmo. Abraço, Marcio Buriti.

    Rosimeire Oliver

    ResponderExcluir
  24. Lindo pra valer! Coisa simples que vai direto ao coração e não sai. Muito bom, Márcio!


    Thamar de Melo

    ResponderExcluir
  25. Que bonito, Marcio! Um texto pra ficar na memória, meu caro. Obrigado.


    Éden L. Santos

    ResponderExcluir
  26. Muito legal o texto. Indicação de leitura para as crianças. Bonito, Marcio!


    Sandra R. Campos

    ResponderExcluir
  27. Excelente texto, leitura indicada para os avós e crianças. Uma historinha desta em sala de aula seria ótimo, não? Abraço,


    Nardel de o. Praddo

    ResponderExcluir
  28. Que lindeza, Marcio! E eu nem sabia como esse ladrãozinho especial pescava. Além de me encantar, como sempre, com os caminhos de sua escrita, ainda agreguei mais um conhecimento à minha curta experiência com o jeito de se alimentar das aves.
    Fiquei tão honrada com o presente!!!!! Sensibilidade é o que encontro, de forma rica, em seus textos. Obrigada!! Abraço.

    ResponderExcluir
  29. Marilene Duarte
    marcou com +1: DOCE LADRÃOZINHO

    ResponderExcluir
  30. Texto recheado de ternura e carinho que não se encontra outro fácil. Parabéns!

    Mário F. Rossi

    ResponderExcluir
  31. Antenor Rosalino
    curtiu DOCE LADRÃOZINHO

    ResponderExcluir
  32. Ana Santos
    curtiu DOCE LADRÃOZINHO

    ResponderExcluir
  33. Que coisa mais bonita, espetacular, Marcio. lindo demais! Beijo!


    Paola Fonseca

    ResponderExcluir
  34. Lindo demais, cheio de ternura, bem escrito. Tudo de bom com este texto. Bjo,

    Régia Oliveira

    ResponderExcluir
  35. Muito bonito, delícia de se ler, e a gente vive a vovó e o piolho de varanda como se eles estivessem a nossa frente. Parabéns! Beijo,

    Joelma Cristina

    ResponderExcluir
  36. É estar com a vovó e o netinho dela na sala e narrar a sua historinha, Marcio. Meu beeeiiiijo!


    Darc C. Alcântara

    ResponderExcluir
  37. Que historinha mais graciosa, Marcio. Lindinha. Fofa. Beijo, menino.


    Marcela Silvier

    ResponderExcluir
  38. Que leitura breve e cheia de qualidades, Marcio. Meus parabéns!


    Maria LPetra

    ResponderExcluir
  39. erica alcantara
    marcou com +1: DOCE LADRÃOZINHO

    ResponderExcluir
  40. Vanice Zimerman Ferreira
    marcou com +1: DOCE LADRÃOZINHO

    ResponderExcluir
  41. E tome sensibilidade e carícia neste texto... Uma lindeza de escrita, Márcio. Beijo, querido.

    Nathalia Cunha

    ResponderExcluir

Que bom receber seu comentário! Ele será publicado. Obrigado!