quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Bênção, pai!

“De repente, não sei dizer se foi o céu que desceu à terra, ou meu coração que mudou de lugar”. Presença. Marilene Amaral Branquinho. www.recantodasletras.com.br/T3567956, 21/3/2012.



(...) O que é, é que lá vem meu pai, suado pelo trato ao chão seco e indócil como calos. Descanso nele o olhar, e meu pai é o retrato do farto do roçado, do feijão no meu prato esmaltado.
Sei do que muito lhe toca: a noite de Natal. E insone, prego um olho nas minhas chinelas na janela, o outro numa sombra, um vulto entre a hóstia do luar e o galope do meu coração:

“Não é nada não, menino. Psiu! É seu pai a se passar pelo velho Noel. Dorme, menino”.

(...) O que é, é que meu ar de moço, sopito, insosso, tombado pro chão por ruína de um amor desfeito, é sentido e erguido e esteiado por um raio do olhar do meu pai, o que percute em mim o sino da lição aprendida.
Sei do que muito lhe cabe: os calos puxando enxada, os punhos de aço (Que cansaço?), as mãos firmes do meu pai a moldar o lar: encheram a despensa, mostraram caminhos, as mãos do meu pai.

“Não é nada não, meu filho. Psiu! É seu avô a se passar por estrela. Abrace-me, filho”.

(...) O que é, é que o pocinho do fundo dos olhos se enche e derrama. Minhas mãos, calejadas, e as do meu filho, verdes, mas já com os traços do caminho, deixaram meu pai na estação: meu pai viajou pra tocar outro roçado.
Então sou eu, toda noite, ao terreiro, pr’uma estrela que pisca toda sobre mim: “Bênção, pai!”. Só aí me recolho pra hóstia de luar que entra pela janela e me faz dormir.

54 comentários:

  1. Glaucia Jose Lara
    Bom dia, saudades do meu pai! lindo seu texto!

    ResponderExcluir
  2. Muita emoção. Triste, poético, bonito, saudoso. Parabéns!
    Ana A, Cabral

    ResponderExcluir
  3. É saudoso, e é bonito. Muito bem feito. Abraço,
    Adriano do Valle.

    ResponderExcluir
  4. Como todo texto seu, muito bonito. Beijo.
    Suzana de Oliveira Moura.

    ResponderExcluir
  5. Larissa Vieira
    curtiu BÊNÇÃO, PAI!

    ResponderExcluir
  6. De+! Você, hein? Beijo.
    Keyla Beatriz

    ResponderExcluir
  7. Seu estilo é inconfundível. Bonito, gostoso de ler. Meu abraço e beijo.
    Marília Lemos Agstinho.

    ResponderExcluir
  8. É isso mesmo. Bênção para o pai estrela. Bom demais te ler. Beijo.
    Marcela Silviet

    ResponderExcluir
  9. A sua literatura é boa. Parabéns.
    Carlos Eduardo Maciel

    ResponderExcluir
  10. Você escreve muito bem. Abraço.
    Glberto Marques Franco Oliveira

    ResponderExcluir
  11. Lindo!
    Thamar de Mello

    ResponderExcluir
  12. Muito legal te ler. Emoção demais. Bjo.
    Maria Clara Nobre

    ResponderExcluir
  13. Como sempre encontro aqui um ótimo texto.Obrigado, Buriti.
    Wesley M. Fernandes

    ResponderExcluir
  14. Gosto mesmo de vir ao seu blog, Márcio. Gratificante. Você carrega nas boas emoções. Obrigada, viu?
    Ludmila Franco

    ResponderExcluir
  15. Legal mesmo, Márcio. Parabéns e obrigado.
    Anderson M. Peixoto

    ResponderExcluir
  16. Lindo demais menino. Beijo!
    Nathalia dos S. Rodrigues

    ResponderExcluir
  17. Coisa linda! É bom demais vir aqui, menino. Abraço. Beijo.
    Suelane

    ResponderExcluir
  18. Craque de letras. Abraço.
    Irismar Luiz

    ResponderExcluir
  19. Lembrança muito carinhosa de nossos pais. Bjs lindo... lindo texto
    Meire de Oliveira

    ResponderExcluir
  20. Tio e muito lindo sinto muita falta do meu BJ.
    Vanda Lucília

    ResponderExcluir
  21. Falar de lembranças de alguém que se foi e que foi um ser importante, especial emociona. Saudade do meu pai, que foi um pouco de tudo isso em seu texto. Obrigada pela oportunidade de ler você amigo escritor. Carinho da Cida.

    ResponderExcluir
  22. É isso mesmo MarcioBuriti Textos: no cabo do guatambú. Eu criança não entendia quase nada, mas via tudo. E isso bastou..... Uma bênção para a vida toda e para toda a vida.... Uma estrela sempre a cintilar!
    João Carlos Silvério Duarte

    ResponderExcluir
  23. Lindo pai!!
    Mariana de Oliveira

    ResponderExcluir
  24. Lindo mesmo.Saudade de vc.bj grande
    Vera Del Puente

    ResponderExcluir
  25. Vc sempre me deixa sem palavras, amigo-poeta! Bjs na alma. Belíssima sua prosa poética!
    Marilene Amaral Branquinho

    ResponderExcluir
  26. João Carlos Silvério Duarte
    compartilhou BÊNÇÃO, PAI!

    ResponderExcluir
  27. Maria Cecília de Lima
    curtiu BÊNÇÃO, PAI!

    ResponderExcluir
  28. Eliana Ferreira de Melo
    curtiu BÊNÇÃO, PAI!

    ResponderExcluir
  29. Larissa Vieira
    curtiu BÊNÇÃO, PAI!

    ResponderExcluir
  30. Fatima Soliman Rodrigues
    curtiu BÊNÇÃO, PAI!

    ResponderExcluir
  31. mto bonito, texto MarcioBuriti Textos,são exemplos que guardamos p sempre,boas lembranças que guardamos em nós.
    Gisselda Pereira Borges Cassiano

    ResponderExcluir
  32. Ysolda Cabral
    curtiu BÊNÇÃO, PAI!

    ResponderExcluir
  33. Marinalda Ávila
    curtiu BÊNÇÃO, PAI!

    ResponderExcluir
  34. D+! Poesia, verdade e emoção. Você e D+! Beijo.
    Marília Lemes Agostinho

    ResponderExcluir
  35. Muito legal este texto. Parabéns.
    Ígor Brenner

    ResponderExcluir
  36. Prazer de leitura. Todos os seus textos são assim. Beijo.
    Débora C. Cavalline

    ResponderExcluir
  37. Você escreve muito bem. Abraço.
    Fernando Beltrão

    ResponderExcluir
  38. Que emoção! Há tempo não lia algo tão bonito assim. Beijo, moço.
    Suzanna Oliveira de Moura

    ResponderExcluir
  39. Ótimo texto, nele você mistura a própria beleza do texto com a poesia e a saudade do pai. Muito legal. Abraço.
    André A. Soares

    ResponderExcluir
  40. Bonito e me jogou na saudade de papai. Lindos seus textos. Beijo.
    Régia Oliveira

    ResponderExcluir
  41. Olá, Márcio Buriti, eu quero sempre ler seus textos. São ótimos. Parabéns, amigo.
    Ed Lemes

    ResponderExcluir
  42. Ysolda Cabral
    curtiu BÊNÇÃO, PAI!

    ResponderExcluir
  43. Marinalda Ávila
    curtiu BÊNÇÃO, PAI!

    ResponderExcluir
  44. Antenor Rosalino
    curtiu BÊNÇÃO, PAI!

    ResponderExcluir
  45. Muito lindo,exatamente como muitos pais desse Brasil.A benção pai!

    ResponderExcluir
  46. Vanice Zimerman Ferreira
    curtiu "BÊNÇÃO, PAI!"

    ResponderExcluir
  47. Helenir Serabion Cobra
    curtiu "BÊNÇÃO, PAI!"

    ResponderExcluir
  48. Maria Mineira
    curtiu "BÊNÇÃO, PAI!"

    ResponderExcluir
  49. Vanice Zimerman Ferreira
    compartilhou "BÊNÇÃO, PAI!"

    ResponderExcluir
  50. Lucia Narbot
    compartilhou "BÊNÇÃO, PAI"

    ResponderExcluir
  51. Boa tarde Márcio, seu belo texto repleto de poesias, trouxe-me, bem-vindas recordações, parabéns! Muito obrigada, um ótimo fim de semana, bjs, Van.

    ResponderExcluir
  52. Marilene Duarte
    marcou com +1 BÊNÇÃO, PAI.

    ResponderExcluir
  53. Vanice Zimerman Ferreira
    marcou com +1

    ResponderExcluir
  54. Chorando!

    Marta Maria

    ResponderExcluir

Que bom receber seu comentário! Ele será publicado. Obrigado!